Natal na sua essência!


Com a aproximação do Natal as nossas casas enchem-se de vida, cor, luz e cheiro a canela, reencontram-se familiares e dedicamos-nos mais aos outros.

Todos nós temos recordações dos belos Natais passados em família e muito provavelmente não nos lembramos "daquele presente" que nos deram, mas recordamos com carinho os momentos partilhados juntos, os doces feitos com a mãe até tarde, as histórias contadas à mesa, as risadas do avô e as brincadeiras com os primos.


Em contraste, é nesta mesma altura, em que se não desligamos o "piloto automático" podemos entrar no consumismo desenfreado e no desperdício a todos os níveis, principalmente o desperdício do pouco tempo que já nos resta.


Pensei que algumas dicas pudessem ser de ajuda neste sentido e por isso mesmo, aqui ficam elas:


Decorações:


  • Usem aquilo que já têm em casa, pinheiro (mesmo sendo de plástico), iluminações e enfeites.

  • Utilizem adornos naturais como ramos e pinhas, e/ou reutilizem materiais como rolhas de cortiça ou frascos de vidro, usem a vossa criatividade ou vão inspirar-se no Pintarest por exemplo, e façam desses, momentos criativos familiares!

  • Caso prefiram os pinheiros naturais, aluguem um pinheiro bombeiro, evitando a desflorestação.


Ceia de Natal:


A mesa de Natal merece guardanapos de pano, pratos, copos e talheres "a sério"! Mais uma vez, será muito importante manterem os descartáveis longe da vossa mesa, nem o Pai-Natal aprovaria tal coisa!=)

Tentem fazer uma boa estimativa dos alimentos que deverão ser preparados, fazendo uma lista das pessoas e alimentos necessários.

Façam planos para a comida que sobrar (dividir por familiares, oferecer a amigos, doar em refeitórios sociais).


Presentes:



Confesso que tenho ficado chocada com a quantidade de presentes que tanto adultos como crianças recebem todos os anos neste dia.

Desta vez, joguei literalmente pelo seguro e enviei mensagem a todos os familiares a apelar à não compra de presentes! Em vez da habitual montanha de presentes que se costumam trocar, este ano faremos passar um mealheiro pela mesa natalícia e cada um fará um donativo para o refeitório social da nossa cidade.


Crianças receberão presentes dos pais e avós. No ano passado tive dificuldade em trazer todos os presentes que ofereceram ao meu filho (de um ano na altura) para casa e depois vi-me forçada a esconder metade e a ir surgindo com um ou outro brinquedo "novo" ao longo do ano. Devemos admitir que muitos desses presentes são tudo menos úteis e que estamos a "retirar" às crianças o sentimento de valorizar aquilo que têm.


  • Oferece coisas feitas por i este ano (bolachas, sabonetes, doces, licores, esfoliantes, sacos de pano para as compras, ...)

  • Compra os presentes em lojas de segunda-mão ou de beneficência,

  • Oferece momentos passados juntos: bilhetes de cinema, jantar feito em tua casa, uma ida às termas, um passeio pela natureza..

  • Compra artigos amigos do ambiente e que sejam motivadores da mudança de mentalidades dos seus amigos e familiares (sacos de rede para as compras, palhinhas de Inox, copos reutilizáveis, champôs sólidos, sabonetes, discos desmaquilhantes reutilizáveis...) na nossa loja poderá tirar algumas ideias www.b-unplastic.com)

  • Cria um cabaz de Natal familiar, em que cada participante traz um pequeno presente, de preferência feito pelo próprio (exemplo: sabonetes, bolachas) e divirtam-se a sortear no final da noite!



Embrulhos:

  • Papel de embrulho, fita-cola e laços não são recicláveis, como forma de preservar o ambiente, embrulha os presentes com papel de jornal ou revista, usa pequenos ramos ou folhas para embelezar a prenda e papel craft ou cordel compostável em vez da fita-cola.

  • Podes optar por envolver os presentes em sacos de tecido, o chamado presente dois em um e o meu favorito, uma vez que o "embrulho" é um saco de compras que pode ser também utilizado!

  • Usa a técnica Furoshiki embrulhando os presentes em tecidos presos por nós que fica lindíssimo (tutoriais no Youtube)!



Para muitas pessoas é mais fácil comprar e oferecer "uma coisa", mas acreditem que o tempo que é passado no "shopping" à procura do presente ideal é um tempo que utilizado a conversar ou a brincar com as pessoas que ama significará muito mais! São esses os momentos que ficam na memória e que são recordados com carinho!

Este Natal dá mais de ti e do teu tempo! Voltemos a fazer renascer o Natal na sua essência!


Fico à espera de saber as vossas experiências e planos para este ano!;)

E vão seguindo as nossas dicas no Instagram!















0 views

Copyright 2019 © B-Unplastic